homem com dúvida

Como comprar um imóvel sendo autônomo?

Uma dúvida muito presente quando se trata de financiamento imobiliário é como comprar um imóvel sendo autônomo.

Isso se deve, pois durante muito tempo as formas de comprovação de renda eram escassas e pessoas com renda informal não conseguiam se encaixar nos requisitos.

Entretanto, o mercado está mudando, principalmente pelo aumento no número de trabalhadores autônomos.

Portanto, se você deseja saber mais sobre como comprar um imóvel sendo autônomo, basta continuar a leitura!

O que é um trabalhador autônomo?

O trabalhador autônomo é um trabalhador sem vínculo empregatício com uma empresa.

Sendo assim, ele presta seus serviços por conta própria, tendo sua autonomia financeira e assumindo seus próprios riscos.

Ele não se caracteriza como um trabalhador efetivo, tendo tais responsabilidades.

O mesmo pode por exemplo fazer seus próprios horários ou até mesmo trabalhar de casa.

Isso é claro vai depender do que for acordado entre as partes, mas o fato é de que não há um vínculo que prenda o profissional autônomo à empresa, ou vice-versa.

Há também o caso dos empreendedores que são autônomos, contudo trabalham para o próprio negócio ou empresa.

No Brasil essa modalidade está em constante crescimento, principalmente após a pandemia de COVID-19, onde muitas pessoas ficaram desempregadas e se reinventaram se tornando empreendedores.

Quem é autônomo, pode fazer um financiamento de casa?

Como já dito por muito tempo os autônomos não se encaixavam nos requisitos necessários para comprovação de renda.

O que interferia totalmente no sonho de conquistar a casa própria, pois sem comprovar a renda o banco não consegue analisar se você é um bom pagador e assim não ocorre a aprovação do crédito.

Todavia, atualmente há outras formas de comprovar a renda além do contracheque ou carteira assinada.

Sendo assim, a resposta é sim, os trabalhadores autônomos podem fazer um financiamento de casa e conquistar o tão sonhado lar.

Como comprovar a renda sendo autônomo?

Até aqui você já deve ter percebido que, portanto, a maior dificuldade do autônomo para comprar um imóvel é a comprovação de renda.

Por isso, abordaremos as formas de comprovação para que você de fato consiga conquistar a sua casa.

Extrato bancário

Através do extrato bancário é possível identificar a movimentação bancária dos últimos meses.

Assim, é confirmado os recebimentos pelos depósitos feitos na conta corrente.

Uma dica muito importante é manter a conta sempre ativa e monopolizada, deixando todos os depósitos e transações em uma só conta.

A Caixa Econômica Federal além das aplicações bancárias, aceita também dentro do extrato para análise:

  • pensão alimentícia;
  • auxílio doença e acidente;
  • pagamentos de benefícios do INSS;
  • auxílio maternidade.

Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF)

Apesar dos autônomos serem isentos do pagamento de impostos abaixo de 28.559,70, a declaração de impostos serve como uma comprovação de renda pelos bancos.

Portanto, essa opção deve ser analisada já que pode facilitar a aprovação do financiamento, pois na declaração aparecerão transações que podem não aparecer no extrato bancário.

O que pode aumentar o seu potencial de financiamento, mas para isso é muito importante manter as declarações em dia.

Se for o caso peça ajuda de um contador experiente, peça a sua cópia e a guarde por no mínimo 5 anos.

As informações que serão analisadas pela Caixa no IRPF são:

  • atividade rural;
  • distribuição de lucros;
  • recebimentos de pessoa jurídica;
  • ganho de capital;
  • aplicações financeiras;
  • recebimentos de pessoa física.

Outros documentos

Os dois documentos citados acima são os principais aceitos pelas instituições bancárias, mas também há outros documentos que podem ser usados para a comprovação de renda, como:

  • contrato de estágio;
  • declaração do empregador;
  • extrato do FGTS;
  • contrato de aluguel ou de arrendamento de bens imóveis;
  • declaração do órgão previdenciário.

O banco pode pedir outros documentos, como também pode aceitar ou não esses documentos citados acima.

Por isso, é importante conhecer bem a instituição que se fará o financiamento, para então reunir todos os documentos corretamente.

Por que fazer uma simulação de financiamento?

Antes de decidir qual o banco fazer o seu financiamento, é ideal fazer uma simulação de financiamento.

A simulação de financiamento é feita gratuitamente e através dela você consegue ter uma noção do seu potencial de financiamento, portanto, o valor das parcelas e das taxas de juros.

Sendo assim, você possui um norte para escolher o imóvel que deseja já sabendo até qual valor estará dentro da sua realidade.

Além de que, é possível também ver qual instituição bancária está oferecendo a melhor proposta.

Dessa maneira, você consegue escolher o que está melhor no mercado e cabe dentro do seu orçamento.

Uma assessoria de financiamento imobiliário também é de grande ajuda no momento do financiamento, pois além de oferecer a simulação te ajudando a escolher o banco com as melhores taxas, ela acompanha todo o processo.

Para as pessoas que não dominam muito sobre toda a parte de documentação do imóvel, ter uma assessoria de crédito imobiliário é essencial.

A Kaizen Financiamentos por exemplo, facilita muito a vida dos clientes e por já ter experiência no mercado, sabe os procedimentos dos bancos e assim antecipa suas ações, o que faz com que o processo ocorra muito mais rápido e de forma tranquila.

Portanto, antes de fechar com qualquer banco faça uma simulação e se precisar de auxílio conte com uma assessoria de financiamento para te ajudar.

E é claro, se está buscando o imóvel certo para você conte com a gente, nós podemos te ajudar a conquistar a sua casa!

Então, conseguiu entender tudo sobre como comprar um imóvel sendo autônomo? Escreva aqui nos comentários o que achou do blog.

E não se esqueça de seguir a DF Casa Imóveis no Facebook e Instagram, e se inscreva no nosso canal do Youtube e se surpreenda com nosso conteúdo por lá também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *