Como participar do Minha Casa, Minha Vida

Ter a casa própria é o sonho de muitas pessoas que estão constituindo família e mesmo que desejam sair da casa dos pais para se tornarem mais independentes. No entanto, esse sonho nem sempre é fácil de realizar, por conta dos altos custos que envolvem essa aquisição.

A boa notícia é que o programa do governo Minha Casa, Minha Vida está acessível a muitos brasileiros. Com isso, é possível ter vantagem na hora de comprar o seu imóvel, viabilizando a realização do seu sonho.

E se você quer saber mais sobre esse assunto, continue lendo este artigo e descubra tudo sobre como participar do Minha Casa, Minha Vida.

Regras do Minha Casa, Minha Vida

O primeiro passo de como participar do Minha Casa, Minha Vida é certificando-se que você pode fazer parte dele. Para tanto, é preciso estar em uma das quatro faixas de renda contempladas.

A faixa 1 serve para as famílias com renda mensal de até R$ 1.800,00. Nesses casos, o financiamento pode se estender por até 120 meses, sendo que as prestações a serem pagas mensalmente ficam com valores entre R$ 80,00 a R$ 270,00.

Isso varia de acordo com a renda bruta familiar. Já as famílias que possuem renda mensal de até R$ 2.600,00 se enquadram na faixa 1,5. Dessa forma, as taxas de juros são de 5% ao ano, além do proprietário contar com até 30 anos para pagar a aquisição.

E mais, os subsídios são de até 47,5 mil reais. Na faixa 2, estão as famílias com renda de até R$ 4.000,00. Para elas, o subsídio pode chegar a R$ 29.000,00.

Enquanto isso, para a faixa 3, que contempla as famílias que recebem até R$ 7.000,00, os juros são diferenciados. No entanto, continuam vantajosos em relação ao mercado imobiliário.

Dica: Como conseguir um bom desconto no imóvel

Benefícios do programa

Entre os principais benefícios do programa Minha Casa, Minha Vida, está o fato dele contar com a menor taxa de juros do mercado. Afinal, esse programa foi criado com o objetivo de permitir que um maior número de pessoas pudesse comprar uma casa ou apartamento.

Para tanto, o programa disponibiliza condições de pagamento e taxas de juros mais acessíveis e em conformidade com a renda familiar. Além de contemplar quem mora nos centros urbanos, pode participar do Minha Casa, Minha Vida quem reside no campo.

O programa permite ainda que o financiamento disponibilizado sirva tanto para a construção da sua casa própria como também para a sua reforma. Assim, serve, inclusive, para melhorar a qualidade de vida em termos de moradia.

Dica: Dicas para juntar dinheiro em comprar um imóvel 

Como ter a sua casa própria

Para saber como participar do Minha Casa, Minha Vida, é preciso seguir alguns passos. Famílias com renda mensal inferior a R$ 1.800,00 devem fazer a sua inscrição na prefeitura ou na entidade responsável pelo programa.

Já as famílias que recebem até R$ 7.000,00​​ por mês podem fazer o mesmo ou, se preferirem, se encaminharem até um Correspondente Caixa Aqui ou n​a agência Caixa. Nesse momento, é preciso ter toda a documentação em mãos, pessoal e relativa ao imóvel que se quer comprar.

É adequado também, antes, realizar a simulação, a fim de verificar o valor máximo do investimento. Depois de entregar os documentos, os mesmos são avaliados.

Caso sejam contempladas, as famílias são informadas sobre a data do sorteio das unidades. Também ficam sabendo quando será a assinatura do contrato de compra e venda do imóvel.

Dica: Dicas para comprar o primeiro imóvel

O que mais saber sobre o programa

O governo prioriza o benefício da casa própria com vantagens às famílias que moram em áreas de risco ou que estejam desabrigadas. Famílias que tenham mulheres como as responsáveis também possuem prioridade.

Da mesma forma, famílias com pessoas portadoras de deficiência possuem mais chances de serem sorteadas. Além disso, até 30% da renda familiar mensal pode ser comprometida com a parcela do pagamento do financiamento.

Vale lembrar que o Bolsa Família e outros benefícios fornecidos pelo governo não fazem parte da renda familiar. Já quem é proprietário de imóvel residencial não pode participar do programa.

Outro cuidado a se ter é saber que, para participar do Minha Casa, Minha Vida, a pessoa não pode ter sido beneficiada com qualquer outra forma de programa habitacional promovido pelo governo.

Dica: Como fazer planejamento financeiro para comprar um imóvel

Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários, que teremos o prazer em responder. Compartilhe essa publicação para ajudar a tirar essa dúvida de mais pessoas.

Para qualquer procedimento ser realizado com sucesso, é necessário que o cliente obtenha todas as informações sobre o imóvel antes de tomar qualquer decisão, e o diferencial da DF Casa Imóveis é que proporcionamos justamente isso à todos os nossos clientes. Temos o prazer em lhe auxiliar no que precisar. Entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *