O que é Dark Kitchen ?

Você conhece as “Dark Kitchen” que têm dominado os aplicativos de delivery?

A novidade está ajudando muitos empreendedores a realizarem seus sonhos de abrir seu próprio negócio e salvando vários restaurantes da falência. Interessou-se pelo assunto? Vem conferir mais com a gente!

O que é

A “Dark Kitchen” ou “Ghost Kitchen” se trata de restaurantes digitais específicos para delivery que não possuem um espaço físico como salão para o atendimento de seus clientes, por isso o termo “cozinha fantasma” já que só é encontrada virtualmente e não fisicamente.

Essa tendência começou em Londres e se espalhou mundialmente por conta de seus muitos benefícios, mas de fato a pandemia impulsionou muito mais o delivery, fazendo assim essas cozinhas ganharem seu espaço de vez no mercado.

Quais as vantagens

Tanto para você que deseja começar o seu negócio ou para o empreendedor que se encontra no meio da crise da pandemia, onde os restaurantes estão sofrendo muito com as políticas adotadas (mudanças de horário, sem atendimento nos salões e etc.).

A Dark Kitchen pode ser a solução dos seus problemas, pois a aposta 100% digital se tornou também uma estratégia adaptativa no atual cenário.

A grande vantagem desse negócio é a economia inicial e em longo prazo, pois o investimento no todo será muito menor, já que terá menor infraestrutura e funcionários.

Invés de gastar no aluguel de um estabelecimento que precisaria ter um grande espaço com seus apetrechos de decoração e um número maior de funcionários para o atendimento ao público, você se preocupará com o aluguel de um local menor, no funcionamento da cozinha e na comunicação com os seus clientes, apenas isso será o suficiente para o pontapé inicial.

Dessa forma, seus custos serão mais variáveis do que fixos, portanto, quando as vendas aumentarem você consegue investir no seu crescimento com maior facilidade e rapidez.

Também há a questão do delivery, você pode ter seus próprios motoboys, mas já que a ideia é economia, a entrada nos aplicativos é uma ótima alternativa, as taxas cobradas podem compensar mais no final do mês do que ter outro custo fixo, tudo irá variar da sua estratégia para o futuro do negócio.

Dicas para começar uma Dark Kitchen

Invista no marketing da sua empresa:

Para aumentar o seu público e fidelizar os clientes, é essencial investir na comunicação pelas redes sociais, pois assim você mostra a sua credibilidade, já que por se tratar de algo totalmente virtual, o cliente se preocupa com a possibilidade de ser um golpe.

Pense na embalagem

Ainda mais no momento atual, a segurança do cliente é de muita importância, por isso todos os cuidados higiênicos devem ser tomados. A embalagem deve respeitar o meio ambiente, pois isso inclui valor ao restaurante e respeita a lei vigente sobre o banimento de utensílios de plástico, garanta que a embalagem escolhida não altere o sabor e qualidade do alimento.

A localização importa

Apesar de não se tratar de um formato tradicional, o empreendedor precisa escolher uma região que tenha um grande potencial de consumo e se lembrar de que a agilidade é um fator principal do delivery.

Agora que sabe mais sobre a Dark Kitchen, escreva um comentário abaixo. E não se esqueça de seguir a DF Casa Imóveis no Facebook e Instagram, e se inscreva no nosso canal do Youtube e se surpreenda com nosso conteúdo por lá também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *